Ouça agora

Ouça agora

Atrativos turísticos do Paraná são destaque de feira internacional em Foz do Iguaçu

Imagem Noticia

Foto: Alessandro Vieira/SEDEST

Compartilhe agora

Postado em 02/12/2022 por Sistema Plug

O Governo do Paraná vai reforçar as ações de fomento ao turismo regional ao longo dos próximos anos. A estratégia foi destacada pelo vice-governador Darci Piana nesta quinta-feira (1º), no 17º Festival Internacional das Cataratas (FIT), um dos maiores eventos de turismo do País e que vai até esta sexta-feira (02) em Foz do Iguaçu, no Oeste.

O evento conta com uma intensa programação de palestras, oficinas, workshops e rodadas de negócios de empresas ligadas ao setor, em um espaço de 7 mil metros quadrados, no Centro de Eventos do Hotel Rafain. A área disponível aos expositores é 40% maior do que a edição anterior, ocorrida em 2020.

“O Governo do Paraná tem apoiado o fortalecimento do turismo regional, inclusive com a participação em feiras como esta, que é uma das maiores do país, que elevam o fluxo de turistas do mundo e também de outros brasileiros que não conhecem todas as belezas que o nosso estado tem a oferecer”, afirmou Piana.

Um dos principais aspectos explorados é o turismo de natureza, ou ecoturismo, o que segundo o vice-governador está alinhado ao conceito de sustentabilidade ambiental. meta da atual gestão estadual. “Preservar o meio ambiente é fundamental e faz parte da responsabilidade social. No governo Ratinho Junior, conseguimos alinhar a preservação com a produção de alimentos para o mundo e o desenvolvimento econômico do Paraná e do Brasil”, disse.

ESTRATÉGIA – Além da FIT, outros eventos paralelos estão incluídos na programação, como o Seminário Caminhos do Peabiru e a Feira de Turismo e Negócios. Como anfitrião, o Paraná ocupa dois espaços para atendimento aos participantes: um para promoção de produtos, destinos e empresas, coordenado pela Paraná Turismo, e outro com estandes das regiões turísticas do Estado.

A participação ativa na feira faz parte de uma série de ações do Governo do Estado para o fortalecimento do setor turístico, que inclui o lançamento, na última semana, da campanha “Viva o Turismo. Viva o Paraná”, exalta os principais destinos regionais do Estado.

O Governo também encaminhou projeto de lei à Assembleia Legislativa do Paraná para a criação do Viaje Paraná, novo Serviço Social Autônomo com a finalidade de promover, organizar, patrocinar e participar de eventos relacionados ao turismo no Estado com uma gestão mais moderna, eficiente e ágil.

No âmbito da gestão, o Estado também concluiu o processo de criação de cinco novas regiões turísticas, que totalizam agora 19 Instâncias de Governança Regionais (IGRs). De acordo com o diretor de Patrimônio Natural do Instituto Água e Terra (IAT), Rafael Andreguetto, a nova subdivisão permite um melhor aproveitamento das características específicas de cada região.

“O Paraná está cada vez mais presente nas feiras de turismo e levado aos participantes a questão do desenvolvimento sustentável. Os principais ativos turísticos do Estado são da natureza e na FIT temos estandes com promoção de todos eles, além do estande do IAT, que promove as unidades de conservação mostrando as suas potencialidades a investidores, empresários e turistas”, explicou.

Para o diretor-presidente da Paraná Turismo, Irapuan Cortês, a FIT é a etapa final de um ano de diversas conquistas importantes para o setor no Estado. “A feira vem coroar todo o trabalho feito durante 2022 que fará com que o Paraná viva um novo momento o turismo em breve”, afirmou. “Fizemos o estande de forma diferenciada para que pudéssemos mostrar a todos os participantes o turismo como uma atividade econômica, que contribui com a geração de emprego e de renda”.

EXEMPLO – Expositora, mas também participante, Nelci Batista, de Tijucas do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, considera o festival uma oportunidade única para troca de experiências com pessoas de outros lugares do Paraná, do Brasil e até estrangeiros. “A FIT é uma vitrine de novidades para o mundo, que é uma coisa que o turista sempre está em busca”, comentou. “Nosso destaque é o mapa do Anel do Pinhão, uma rota cicloturística que engloba 20 municípios da Região Metropolitana de Curitiba”;

Ela representa junto com colegas de outros municípios a região conhecida como Rota do Pinhão.